fbpx

Conteúdo jurídico semanal
para você se manter informado!

EMais

colunistas

Empreendedorismo feminino

Depois de receber muitas indicações para assistir a nova série do Netflix, “A vida e a história de Madam CJ Walker”, me rendi e a assisti com muito entusiasmo nesse último final de semana. Foi a primeira vez que ouvi falar na Sarah C.J. Walker, que foi a primeira mulher na história dos EUA a se tornar milionária, por méritos próprios – isso entre os anos de 1905/1919, o que torna o feito ainda mais impressionante. Madam CJ Walker, como ficou conhecida, fundou uma empresa de produtos de cabelo para mulheres negras, num país ainda bastante separatista e racista, vivendo os reflexos dos primeiros anos pós-escravidão.

Dentre inúmeros temas relevantes abordados na série que me fizeram refletir muito nos últimos dias, eu optei por falar hoje sobre empreendedorismo feminino. A história de Sarah é uma inspiração sem tamanho. Porém, tantos anos depois, muitas mulheres continuam a enfrentar os mesmos desafios que ela enfrentou em sua época. Mulheres que decidem ser donas do próprio negócio e fazer o seu próprio dinheiro se veem constantemente questionadas a respeito de: sua capacidade, seu emocional, seu conhecimento técnico, a qualidade de seus produtos/serviços, como conciliam trabalho com cuidados com a família e casa, sua criatividade, seu poder de inovação, sua capacidade de liderar.

Por sermos mulheres, é como se automaticamente fossemos menos em tudo, estivéssemos em desvantagem. Como se não pudéssemos ser independentes, donas e construtoras das nossas próprias histórias e trajetórias, e ainda por cima ganhar dinheiro com isso. E construir uma família. E ter vida pessoal. E ser feliz. Como se necessariamente dependêssemos de outras pessoas – de homens – para podermos validar e ver reconhecidos o nosso sucesso e a nossa competência. Porém, na linha do que sempre defendo, são apenas as escolhas conscientes feitas pela mulher que devem definir o percurso de suas vidas.

Empreender não é tarefa fácil. Envolve conhecimento de tantas áreas diferentes (além de dominar por completo aquilo que você quer oferecer às pessoas) que parece impossível dar conta de tudo. Eu recentemente me enveredei nesse novo mundo e cada dia é uma jornada de aprendizado, que tenho certeza que será interminável, mas transformadora. Porém, acima de tudo, para empreender é preciso uma escolha. Uma decisão, uma vontade de colocar um sonho em prática.

E nós mulheres, além de termos que lidar com todos os desafios inerentes a essa vontade, temos também que lutar contra todas as opiniões, julgamentos e apostas de que não daremos conta, não somos capazes e que esse não é o nosso lugar. Mas somos capazes sim. Esse é o nosso lugar sim. Madam CJ Walker e seu patrimônio milionário que o digam.

O sul-coreano Lee Sedol, um dos melhores jogadores de Go (considerado o jogo de tabuleiro mais difícil) do mundo, anunciou que irá se aposentar.

Frequentemente uso como exemplo as disputas entre campões mundiais humanos de Go e inteligências artificiais que foram desenvolvidas e ensinadas para conseguir entender as regras do jogo, desenvolver estratégias e competir.

Em 2016, Sedol disputou 5 partidas contra o AlphaGo, inteligência artificial da Deepmind, e perdeu 4 delas.

Agora em novembro o sul-coreano, que joga Go há 24 anos, anunciou sua aposentadoria afirmando que mesmo se tornando o melhor ser humano do mundo em Go, não conseguiria derrotar a máquina.

Haverá um jogo para comemorar a aposentadoria entre Sedol e o HanDol (Inteligência Artificial da NHN Entertainment). Sedol receberá uma vantagem de duas pedras, mas ainda assim está pouco confiante na sua vitória.

Sedol já entendeu que não pode competir, e você? Já mudou a forma analógica de pensar?

Você pode ler mais no Gizmodo Brasil.

Qual o perfil da mulher empreendedora no Brasil?

Para falar sobre empreendedorismo feminino, acho importante conhecermos um pouco melhor a realidade brasileira. Todos os dados abaixo foram retirados do Sebrae, que é o “Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas”. No site deles vocês encontram inúmeros artigos e cursos gratuitos, serviços, aplicativos e links úteis que estimulam e auxiliam o dia a dia e as dificuldades do empreendedorismo, de uma forma muito acessível e educativa. Vamos aos números:

• Entre 49 países do mundo, o Brasil tem a sétima maior proporção de mulheres entre os “empreendedores iniciais”.

• As mulheres donas de negócio (formais e informais) são mais jovens do que os homens. 

• As donas de negócio têm maior escolaridade (16% maior), mas ganham, em média, 22% a menos que os homens na mesma posição.

• Parcela expressiva das mulheres donas de negócio trabalha em casa – 25%. No caso específico das mulheres que são MEI (Microempreendedor individual), essa proporção sobe para 55%.

• As mulheres empresárias tomam menos empréstimo e com valor médio igualmente menor. O valor médio do empréstimo para mulheres é em média R$ 13.071 menor que o dos homens.

• As empresárias pagam taxas de juros maiores. A taxa anual para empresárias é 3,5 % acima dos donos de pequenos negócios.

• A taxa de inadimplência das mulheres é inferior à registrada por homens, 3,7% para mulheres contra 4,2% para os empresários.

DICA DA SEMANA

SELFMADE: A vida e a história de Madm CJ Walker

Série - Netflix

Obviamente, a primeira dica é assistam a série!! Além de empreendedorismo feminino, trata sobre racismo, colorismo, machismo, violência doméstica, sexualidade, padrões de beleza, política, estruturas de poder. Tudo isso com uma trilha sonora e fotografia incríveis e uma boa dose de humor.

Podcast: episódio #226 Mamilos – Empreendedorismo Feminino 

Instagram: perfis criados por mulheres – @movinggirls @digi.girls @negociandoideias @push @mulheresceo @jusbranding @vidadegirlboss 

COMPARTILHE COM ALGUÉM
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
COMENTÁRIOS

Carrinho

0

Nenhum produto no carrinho.

Tecle Enter para pesquisar e Esc para fechar