fbpx

Conteúdo jurídico semanal
para você se manter informado!

EMais

colunistas

Reprodução. Ronaldo Bernardi/Agência RBS.

Cerca de 100 pessoas presas em viaturas, em Porto Alegre/RS – até quando?

Porto Alegre possui um dos piores presídios do Brasil – o Presídio Central/Cadeia Pública, que abriga cerca de 5 mil detentos, com capacidade para 1,7 mil. Se já não bastasse, a cidade é palco hoje de um dos maiores absurdos do nosso sistema carcerário – aproximadamente 100 pessoas encontram-se algemadas e (sobre)vivendo por dias a fio em viaturas da polícia. Isso mesmo.

Seres humanos algemados em automóveis. Num pátio da polícia. Ao ar livre. Sem teto, sem higiene, urinando em garrafas plásticas compartilhadas. Supervisionados por cerca de 33 policiais que também se encontram em situação de trabalho insalubre e desumana.

Por que? Porque não existem mais vagas nos presídios e nem nas delegacias da cidade. Tudo superlotado. Mas a lógica é que independente de qualquer coisa (qualquer mesmo), essas pessoas devem continuar presas.

Dignidade da pessoa humana; sociedade justa; promoção do bem de todos; prevalência dos direitos humanos; progresso da humanidade. Fundamentos, objetivos e princípios que regem a República Federativa do Brasil, segundo a Constituição Federal.

“Ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante”; “é assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral” – Art. 5º, III, XLIX da CF/88. Mas não, o Brasil “é o país da impunidade”, então vamos continuar fingindo que prender todo mundo e construir mais vagas é a única solução, ok?

Até quando, não sei, pois claramente já chegamos ao fundo do poço.

Icon made by Freepik from www.flaticon.com.
Designed by rawpixel.com / Freepik.
Designed by rawpixel.com / Freepik.

Contra fatos não há argumentos

A jovem ativista sueca Greta Thurnberg, ávida defensora do meio ambiente, cujo discurso durante a Assembleia Geral da ONU repercutiu mundo afora, foi alvo de uma série de ataques machistas no Brasil, investindo contra aspectos pessoais seus, sua personalidade, seu discurso e a forma como ele foi proferido. 

Bom, antes de tudo, gostaria de lembrá-los que Greta é uma adolescente de 16 anos de idade que possui Síndrome de Asperger, um transtorno comportamental que é uma das formas de autismo. Em segundo lugar, nenhuma das críticas foi capaz de rebater os argumentos e dados trazidos por Greta acerca da crise climática que assola o planeta. 

Logo… incomoda muito uma pessoa de 16 anos discursando na ONU, conhecida mundo afora, que já saiu na Forbes, e que ainda por cima possui um conhecimento científico muito acima da média, certo? (ainda mais em tempos que as pessoas voltaram a acreditar que a Terra é plana). E além de tudo é mulher! 

Ocupando uma posição de destaque que cotidianamente nos é negada… Vamos nos ater à causa que ela defende – tão necessária – e parar de compartilhar ataques gratuitos, misóginos e fake news? #DesculpaGreta

DICA DA SEMANA

SEJAMOS TODOS FEMINISTAS E PRESOS QUE MENSTRUAM

Livros

Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie 

Na minha opinião, Chimamanda é uma das autoras mais impactantes do mundo atual em que vivemos. Esse livro é a reprodução de um discurso que ela proferiu numa TED Conference, que foi literalmente o momento no qual eu me reconheci como feminista. Suas palavras são tão poderosas que me emocionam até hoje. Ela descreve de forma realista a forma como o gênero influencia as nossas vidas e porque todos, homens e mulheres, deveriam falar sobre isso. Vale demais! E quem quiser, tem vídeo gratuito na internet da TED Conference 🙂 

Presos que Menstruam – Nana Queiroz 

Retrato real da história de vida de 7 mulheres encarceradas, contadas pela jornalista Nana Queiroz, que visitou penitenciárias femininas de todas as regiões do país. Tocante, impressionante, muito verdadeiro. A realidade nua e crua das vidas de mulheres por trás do cárcere. Reúne gênero e encarceramento, os temas da coluna de hoje

COMPARTILHE COM ALGUÉM
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
COMENTÁRIOS

Carrinho

0

Nenhum produto no carrinho.

Tecle Enter para pesquisar e Esc para fechar